Se você nem se atreve a dizer a palavra descafeinado, não está sozinho. Atualmente, os americanos estão bebendo mais café do que nunca. E isso nem conta para todas as outras maneiras de obter a sua dose de cafeína – de matcha lattes à indústria de bebidas energéticas de mais de 25 bilhões de dólares.

A boa notícia é que existem muitos benefícios comprovados para a saúde que acompanham a ingestão de café, desde um metabolismo mais rápido até um risco significativamente menor de doença de Alzheimer.

Mas quais são os benefícios de ficar sem cafeína e quem deve evitar a cafeína por completo?

Aqui estão os 10 principais benefícios de reduzir seu hábito de beber café expresso – além de, é claro, economizar uma tonelada de dinheiro.

1. Menos ansiedade

Sentindo-se cada vez mais ansioso ultimamente? Muita cafeína pode ser a culpada.

A cafeína vem com uma explosão de energia, e é para isso que a maioria de nós a usa. No entanto, essa energia também estimula nossos hormônios de “luta ou fuga”. Isso pode causar um aumento na ansiedade, nervosismo, palpitações cardíacas e até ataques de pânico.

Aqueles que já são propensos ao estresse e à ansiedade podem achar que a cafeína piora muito seus sintomas. Além disso, uma maior ingestão de cafeína tem sido associada a aumentar as chances de depressão em adolescentes.

2. Dormir melhor

Seu hábito de cafeína pode estar afetando seu sono. Estudos mostram que a ingestão diária de café pode alterar seu ciclo de sono, causando sono inquieto e sonolência diurna. Isso pode ser especialmente verdadeiro se você consumir cafeína por menos de seis horas, antes de ir para a cama.

Além de uma noite de descanso mais feliz e tranquila, quem não tem cafeína pode achar que leva muito menos tempo a adormece em primeiro lugar.

3. Absorção mais eficiente de nutrientes

Se você não bebe cafeína, seu corpo pode absorver alguns nutrientes melhor do que aqueles que tomam. Os taninos da cafeína podem inibir parte da absorção de:

  • cálcio
  • ferro
  • Vitaminas B

Isso pode ser especialmente verdade para aqueles que têm uma ingestão muito alta de cafeína, dieta desequilibrada ou idade avançada. Não consumir cafeína pode ajudar a garantir que você esteja recebendo todos os nutrientes possíveis de sua dieta.

4. Dentes mais saudáveis ​​(e mais brancos!)

Não há como combater: café e chá podem manchar os dentes. Isso ocorre devido ao alto nível de taninos encontrados nessas bebidas, que causam acúmulo e esmalte dentário descolorido. A acidez em bebidas com cafeína, como café e refrigerante, também pode levar ao desgaste e deterioração do esmalte.

5. Hormônios equilibrados para mulheres

As mulheres podem se beneficiar especialmente de ficar sem cafeína. Bebidas com cafeína como café, chá e refrigerante podem alterar os níveis de estrogênio.

Um estudo de 2012  descobriu que o consumo de 200 miligramas (aproximadamente 2 xícaras) ou mais de cafeína por dia elevava os níveis de estrogênio em mulheres asiáticas e negras, enquanto mulheres brancas apresentavam níveis de estrogênio um pouco mais baixos.

A alteração dos níveis de estrogênio pode ser particularmente preocupante se você tiver um risco aumentado de doenças como endometriose, de câncer de mama e câncer de ovário. Embora a cafeína não esteja diretamente ligada a essas condições, altos níveis de estrogênio estão associados às causas.

A cafeína também demonstrou agravar certos sintomas da menopausa.

6. pressão arterial mais baixa

Não tomar cafeína pode ser bom para a pressão arterial. Foi demonstrado que a cafeína aumenta os níveis de pressão arterial devido ao efeito estimulante que exerce sobre o sistema nervoso.

A alta ingestão de cafeína – de 3 a 5 xícaras por dia – também foi associada ao aumento do risco de doenças cardiovasculares.

7. Química cerebral equilibrada

Não é surpresa que a cafeína tenha efeito sobre o humor. Todos os slogans do tipo “Não fale comigo até eu tomar meu café” estão em canecas por um motivo.

A cafeína pode alterar a química do cérebro de maneira semelhante a drogas como a cocaína, e os pesquisadores concordam que a cafeína cumpre alguns dos critérios usados ​​para medir a dependência de drogas.

As pessoas que não consomem cafeína não precisam se preocupar com as qualidades viciantes, enquanto as pessoas que decidem retirar a cafeína ou parar de beber completamente podem experimentar sintomas de abstinência ou mudanças temporárias de humor.

8. Menos dores de cabeça

Abstinência de cafeína é uma coisa real. Um dos efeitos colaterais mais comuns e desagradáveis ​​da abstinência de cafeína são as dores de cabeça. E pode demorar alguns dias para que um apareça.

Você já reparou como fica com dor de cabeça se está muito ocupado para tomar seu café da manhã? Este é apenas um sintoma da abstinência de cafeína. Outros incluem:

  • Confusão mental
  • fadiga
  • Dificuldade de concentração
  • Irritabilidade

Mesmo que você não sofra abstinência imediatamente, um estudo de 2004 descobriu que a ingestão de cafeína é um grande fator de risco para o desenvolvimento de dores de cabeça diárias crônicas.

CRONOGRAMA DE RETIRADA

Se o seu corpo depende de cafeína, você pode sentir os sintomas de abstinência em 12 a 24 horas. Quanto tempo esses sintomas duram depende da quantidade de cafeína que você bebe, mas pode demorar de dois a nove dias, com um pico de 21 a 50 horas.

9. Uma digestão saudável

A ingestão de cafeína pode vir com uma série de problemas digestivos desagradáveis. O café cria um efeito laxante que estimula os intestinos. Consumir quantidades especialmente grandes de café pode causar diarréia ou fezes moles (e até incontinência).

Além disso, as bebidas com cafeína podem desempenhar um papel no desenvolvimento da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE).

10. Você pode envelhecer melhor

Se você está preocupado com o envelhecimento, pode se beneficiar de não consumir cafeína. A cafeína interfere na formação de colágeno, reduzindo o colágeno na pele humana.

Como o colágeno tem um efeito direto na pele, corpo e unhas, não tomar essa xícara de café da manhã pode significar menos rugas para você.

Quem deve evitar a cafeína?

É melhor evitar completamente a cafeína se alguma das seguintes situações se aplicar a você:

1. Você está grávida ou está tentando engravidar

Sabemos que quem está grávida e amamentando deve evitar a cafeína, mas é importante se você está tentando engravidar também. A cafeína tem sido associada a um aumento de aborto e à diminuição da fertilidade.

2. Você é propenso a ansiedade

Aqueles que são propensos a ansiedade ou depressão podem achar que a cafeína piora sua condição. A cafeína demonstrou agravar certas condições psiquiátricas. Pode causar aumento da irritabilidade, hostilidade e comportamento ansioso.

3. Você tem uma condição intestinal ou digestiva, como refluxo ácido, gota ou diabetes

Se você tem uma condição digestiva preexistente, a cafeína pode piorar seus sintomas. Isto é especialmente verdade para aqueles com:

  • refluxo ácido
  • gota
  • diabetes
  • síndrome do intestino irritável

4. Você toma certos medicamentos

Sempre verifique se a cafeína interage com o medicamento prescrito. Alguns desses medicamentos incluem:

  • medicamentos antibacterianos
  • antidepressivos (especialmente IMAOs)
  • medicamentos para asma

Embora o processo de retirada da cafeína, especialmente o café, não pareça o melhor, existem alternativas que você pode tentar fazer com que esse empreendimento corra mais bem.

Dito isto, o café tem seus benefícios. Se a sua vida não melhorar depois de abandonar a xícara da manhã, não há razão para sair completamente da bebida. Como todos os alimentos e coisas boas da vida, trata-se de moderação.